Vamos falar sobre plástico!
Afinal, são consumidas milhões de toneladas desse material por ano só no Brasil.

Você já ouviu falar na Lei nª 12.305/10? Ela criou a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que busca diminuir a geração de resíduos. Isso seria possível porque, na prática, passaríamos a ter um aumento na reciclagem e reutilização de resíduos sólidos – tudo aquilo que pode ser reciclado ou reaproveitado e tem valor econômico. Além disso, a lei também prevê que aquilo que não pode ser reciclado tenha um descarte ambientalmente correto.

 

Hoje, nós brasileiros apresentamos um desempenho cada vez melhor na reciclagem do plástico. No último levantamento do setor, realizado em 2012, os dados apontavam que reciclamos cerca de 21% do material consumido por aqui. Estamos à frente de países como Reino Unido, que recicla 20%, e França, com uma taxa de 19%. Segundo a mesma pesquisa, o Brasil tinha reciclado mais de 600 mil toneladas só naquele ano. E o mais incrível é que, ao invés de descartar o plástico na natureza, onde ele levaria mais de 100 anos para se decompor, a reciclagem dá nova vida ao material e ainda gera trabalho e renda para muita gente. Legal, né?

 

Aqui no Brasil, a gente tem que se orgulhar das várias iniciativas de reciclagem de plástico. Veja só!

 

Tampinha Legal

O projeto é formado por pessoas e empresas preocupadas com o destino das tampas plásticas. Eles incentivam a coleta do material, ajudando a encontrar a melhor maneira de reaproveitar cada tampinha. Criada no Rio Grande do Sul, a iniciativa destaca a importância do descarte consciente e ainda realiza oficinas de confecção de andadores utilizando outro tipo de plástico.

 

SO+MA

A SO+MA é um programa de fidelidade, voltado para a população de baixa renda, que estimula hábitos de descarte consciente. Funciona assim: os participantes do programa separam o material reciclável e acumulam pontos que podem ser trocados por produtos ou cursos. As recompensas incluem produtos de higiene, alimentação e descontos no comércio local, além dos cursos de capacitação. Incrível, né? A iniciativa é realizada na periferia de São Paulo e já conta com 700 famílias atendidas, totalizando 85 toneladas de materiais que viraram pontos. Uau!

 

Prefeitura de João Pessoa

E que tal a iniciativa da Prefeitura de João Pessoa, na Paraíba, que transforma garrafas PET em vassouras para deixar a cidade sempre limpinha? Lá, eles realizam a Oficina de Vassoura Ecológica, onde são produzidas 250 vassouras por mês. Ou seja, eles transformam 3 mil garrafas, que seriam descartadas, em um objeto de grande utilidade, afinal, quem não gosta de morar em uma cidade limpa? E sabe o que é ainda mais impressionante? As vassouras de garrafa PET duram mais do que as outras. Resumindo: sustentabilidade + economia.

 

Muzzicycles

E que tal a ideia de transformar o plástico reciclado em bicicletas? Sim, bicicletas! É o que faz a iniciativa Muzzicycles, em parceria com a Braskem, grande produtora de resinas termoplásticas, que usa o material reciclado para produzir os quadros das bikes. O projeto pode produzir mais de 130 mil quadros por ano, o que significa a reciclagem de 150 mil toneladas de plástico. Isso que é inovação!

 

Aproveite essas ideias para mostrar às crianças as inúmeras possibilidades de reciclagem que estão por aí. Ah, e fica a valiosa dica para começar a separar o lixo e descartá-lo corretamente, combinado?

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao utilizar este site, você concorda com a política de monitoramento de cookies.
Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de Privacidade e Cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.